Recomendação do Provedor de Justiça em consonância com posição da AHRESP

Recomendação do Provedor de Justiça sobre liquidação de taxa por difusão de obra em estabelecimentos abertos ao público
 

No passado dia 9 de julho, foi emitida a Recomendação do Provedor de Justiça nº 8/B/2013, sobre liquidação de taxa por difusão de obra em estabelecimentos abertos ao público, neste caso específico sobre as taxas exigidas pela SPA – Sociedade Portuguesa de Autores.

Refere-se neste documento o Parecer 4/92 da Procuradoria-Geral da República (PGR), bem como o entendimento da IGAC sobre esta matéria e que foi homologado pela Secretaria de Estado da Cultura, e várias sentenças recentes que vão no sentido da mera receção de emissões de radiodifusão nos lugares públicos não depender nem de autorização dos autores da obra apresentada nem lhe atribui o direito a remuneração, mesmo que ampliados os sinais de som e imagem, por nada retirarem, alterarem ou acrescentarem à obra radiodifundida.

O Provedor termina recomendando ao Secretário de Estado da Cultura que adote uma iniciativa legislativa tendente a alterar as normas do Código dos Direitos de Autor e Direitos Conexos, nomeadamente, as contidas no artigo 149º, no sentido de estabelecer uma cláusula de razoabilidade, em particular, de não exigência nem de autorização dos autores nem de qualquer contrapartida patrimonial pela mera receção das emissões de radiodifusão e televisão que insiram obras literárias ou artísticas nos normais recetores, ainda que compostos de instrumentos difusores de sons e/ou imagens, desde que aquela não se traduza em nova utilização da obra radiodifundida, com ou sem prévia fixação, através de altifalante ou de qualquer instrumento análogo transmissor de sinais, sons ou imagens.

Esta Recomendação vai assim de encontro à posição que a AHRESP sempre tem defendido.

As Recomendações do Provedor não têm caráter vinculativo, porém o Secretário de Estado da Cultura deverá, nos 60 dias seguintes à sua emissão, informar o Provedor sobre a sequência a dar à mesma.

O parecer pode ser consultado na íntegra em www.provedor-jus.pt

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Novo regime para o Alojamento Local
Linha de Crédito Capitalizar 2018
BREXIT – Preparação para Saída do Reino Unido da UE
Linha de Apoio IFFRU 2020
Newsletter AHRESP #55
Livro de Reclamações Eletrónico
AHRESP alerta para a urgência de uma nova Lei para o Arrendamento Empresarial
Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior
Receitas Turísticas Internacionais - abril
Newsletter AHRESP #54
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"