Lisboetas entre os europeus mais insatisfeitos com a vida

Lisboa

 Eurobarómetro revela que 62% dos lisboetas não estão satisfeitos com a situação financeira da sua família.

Os Lisboetas estão entre os cidadãos europeus mais insatisfeitos com a vida que levam. De acordo com um inquérito hoje publicado pela Comissão Europeia relativo à "Percepção da qualidade de vida nas cidades europeias", Lisboa está entre as cinco cidades mais insatisfeitas com a vida em geral.

Quando questionados sobre a vida em geral, a grande maioria dos inquiridos das 79 cidades de todos os países da União Europeia, assim como da Islândia, Noruega, Suíça e Turquia, diz estar satisfeita com a vida que levam. No entanto em Athina, nos arredores de Atenas, em Iraklelo, Budapeste, Miskoic e Lisboa a percentagem de inquiridos que diz estar satisfeita é muito inferior aos 90% registados num terço das cidades inquiridas. Em Lisboa, 30% responderam que não estão satisfeitos com a vida que levam, enquanto 70% responderam afirmativamente. Claro que estes dados contrastam com os níveis de insatisfação nas três cidades gregas: Athina (54%), nos arredores de Atenas (47%), em Iraklelo (42%), ou com os 3% de insatisfeitos em Zurique.

Apesar do Eurobarómetro trienal não o dizer pode-se inferir que os níveis de insatisfação estão certamente relacionados com as medidas de austeridade que países como Portugal e a Grécia têm de implementar no âmbito dos respectivos programas de assistência financeira.

Também por isso, os níveis mais elevados de insatisfação relativamente à situação financeira das famílias verificam-se também em Athina (76%), arredores de Atenas (71%), Irakleio (68%) e Lisboa (62%).

Por outro lado, o estudo também revela que os principais desafios que as cidades enfrentam são os serviços de saúde, o desemprego e a educação e Braga surge entre como a cidade europeia, em conjunto com Groningen, mais satisfeita (89%) com os estabelecimentos de ensino que tem.

O inquérito em Portugal foi feito em três pontos: Braga, Lisboa e arredores de Lisboa, tendo sido realizadas 1507 entrevistas entre 15 de Novembro e 7 de Dezembro de 2012.

Fonte: D.E., 08.10.13

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #55
Livro de Reclamações Eletrónico
AHRESP alerta para a urgência de uma nova Lei para o Arrendamento Empresarial
Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior
Receitas Turísticas Internacionais - abril
Turismo de Ar Livre e Campismo - abril
Newsletter AHRESP #54
Alojamento Turístico - abril
Newsletter AHRESP #53
Prémios AHRESP 2018
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"