Lisboetas entre os europeus mais insatisfeitos com a vida

Lisboa

 Eurobarómetro revela que 62% dos lisboetas não estão satisfeitos com a situação financeira da sua família.

Os Lisboetas estão entre os cidadãos europeus mais insatisfeitos com a vida que levam. De acordo com um inquérito hoje publicado pela Comissão Europeia relativo à "Percepção da qualidade de vida nas cidades europeias", Lisboa está entre as cinco cidades mais insatisfeitas com a vida em geral.

Quando questionados sobre a vida em geral, a grande maioria dos inquiridos das 79 cidades de todos os países da União Europeia, assim como da Islândia, Noruega, Suíça e Turquia, diz estar satisfeita com a vida que levam. No entanto em Athina, nos arredores de Atenas, em Iraklelo, Budapeste, Miskoic e Lisboa a percentagem de inquiridos que diz estar satisfeita é muito inferior aos 90% registados num terço das cidades inquiridas. Em Lisboa, 30% responderam que não estão satisfeitos com a vida que levam, enquanto 70% responderam afirmativamente. Claro que estes dados contrastam com os níveis de insatisfação nas três cidades gregas: Athina (54%), nos arredores de Atenas (47%), em Iraklelo (42%), ou com os 3% de insatisfeitos em Zurique.

Apesar do Eurobarómetro trienal não o dizer pode-se inferir que os níveis de insatisfação estão certamente relacionados com as medidas de austeridade que países como Portugal e a Grécia têm de implementar no âmbito dos respectivos programas de assistência financeira.

Também por isso, os níveis mais elevados de insatisfação relativamente à situação financeira das famílias verificam-se também em Athina (76%), arredores de Atenas (71%), Irakleio (68%) e Lisboa (62%).

Por outro lado, o estudo também revela que os principais desafios que as cidades enfrentam são os serviços de saúde, o desemprego e a educação e Braga surge entre como a cidade europeia, em conjunto com Groningen, mais satisfeita (89%) com os estabelecimentos de ensino que tem.

O inquérito em Portugal foi feito em três pontos: Braga, Lisboa e arredores de Lisboa, tendo sido realizadas 1507 entrevistas entre 15 de Novembro e 7 de Dezembro de 2012.

Fonte: D.E., 08.10.13

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #58
Alojamento Turístico -setembro.2018-
Turismo de Ar Livre e Campismo -setembro.2018-
Newsletter AHRESP #57
Portaria de Extensão – CCT AHRESP | FESAHT – Restauração e Bebidas
Alterações à recolha de lixo (feriado de 1 de novembro)
Alojamento Turístico -agosto.2018-
Turismo de Ar Livre e Campismo -agosto.2018-
ATUALIZAÇÃO DE RENDAS PARA 2019
Estudo inédito reúne dados essenciais para apoiar empresas HORECA
AHRESP promove curso de Gestão de Alojamento Local
CHECKUP HOTEL
AHRESP contra a taxa turística em Fátima, solícita suspensão e apela ao diálogo
AHRESP APRESENTA PROPOSTAS PARA ORÇAMENTO DO ESTADO 2019
AHRESP SAÚDA REALIZAÇÃO DA WEB SUMMIT EM LISBOA POR MAIS 10 ANOS
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"