Mais de metade das idas ao estrangeiro são organizadas via Internet

População em Portugal recorreu a agências de viagens e operadores turísticos em 29,5% das deslocações para fora.

A Internet está a ganhar terreno na organização das viagens para o estrangeiro feitas pela população portuguesa. No primeiro trimestre, 54,3% destas deslocações foram preparadas online, uma subida de cinco pontos percentuais face ao mesmo período de 2013.

Já o recurso às agências de viagens e operadores turísticos caiu 5,9 pontos percentuais, com estes profissionais a prestaram serviços em 29,5% das idas para o estrangeiro. Contabilizando também as viagens dentro do país, a Internet foi usada em 11% dos casos, enquanto as agências se ficam pelos 3,8%.

Os dados foram divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) e indicam que, no primeiro trimestre, foram feitas no total 3,56 milhões de viagens com uma duração de pelo menos uma noite, tanto dentro como para fora do país. Este valor é uma descida de 3,5% em relação ao trimestre homólogo.

A população em Portugal fez muito menos viagens de férias e de lazer ao longo dos primeiros três meses deste ano. Este tipo de deslocações sofreu uma redução significativa, de 17,8%, face ao mesmo período de 2013. Pelo contrário, o número de viagens profissionais e de negócios subiu 8,3%, ao passo que as deslocações para visitar familiares e amigos cresceram 2,4%.

A redução, no entanto, poderá ser explicada, pelo menos parcialmente, pelo facto de a Páscoa, um período habitual para pequenas férias, ter no ano passado ocorrido no primeiro trimestre, ao passo que este ano aconteceu já no segundo.

As viagens de automóvel representaram 82% do total das deslocações, essencialmente o mesmo peso que tiveram no primeiro trimestre do ano passado, ao passo que o avião foi usado em 6,9% dos casos (uma descida de 0,8 pontos percentuais).

Já o alojamento particular gratuito, em casa de amigos ou familiares, foi a opção de 76% dos viajantes, com os restantes a ficarem sobretudo em hotéis ou estabelecimentos similares.

Para o relatório, o INE entrevista os residentes em Portugal de cerca de cinco mil unidades de alojamento, representando aproximadamente 12 mil pessoas. É considerada uma viagem turística aquela em que as pessoas permanecem pelo menos uma noite fora dos locais de residência, trabalho ou estudo, independentemente do motivo da viagem, o que abrange deslocações profissionais.

Segundo os dados, as idas ao estrangeiro caíram 8%, mas o peso no total manteve-se essencialmente inalterado: entre Janeiro e Março, estas deslocações representaram 8,3% das viagens, uma pequena descida de 0,4 pontos percentuais em relação ao valor registado no primeiro trimestre de 2013.

É nas viagens profissionais que as idas ao estrangeiro são mais frequentes: praticamente uma em cada três viagens deste tipo é feita para fora do país. Já entre as viagens de férias e lazer, apenas 11,8% são para fora de Portugal.

Os números mostram ainda que aumentou o peso das deslocações de curta duração, que foram 87,6% de todas as viagens. As viagens longas – ou seja, com mais de três noites – caíram 14,3%.

Fonte: Público, 04-08-2014

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Novo regime para o Alojamento Local
Linha de Crédito Capitalizar 2018
BREXIT – Preparação para Saída do Reino Unido da UE
Linha de Apoio IFFRU 2020
Newsletter AHRESP #55
AHRESP alerta para a urgência de uma nova Lei para o Arrendamento Empresarial
Livro de Reclamações Eletrónico
Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior
Turismo de Ar Livre e Campismo - abril
Alojamento Turístico - abril
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"