RevPar de Lisboa sobe no mês de Julho

A Ocupação na Cidade de Lisboa, durante o mês de Julho, registou um aumento de 12,7% relativamente ao período homólogo de 2013, situando-se nos 82,18 por cento.

Segundo dados do Observatório de Turismo de Lisboa, as unidades de cinco estrelas foram as que mais cresceram neste índice, quando comparadas com o ano passado, com mais 17,2%, para uma Ocupação total de 69,31%. Seguem-se os hotéis de quatro estrelas com um aumento de 11,4% (para 86,91% no total) e os de três estrelas, com uma Ocupação de 88,08%, mais 10,7% do que em Julho de 2013.

No período em análise, o preço médio por quarto vendido (Average) situou-se nos 74,21 euros, o que corresponde a um aumento de 4,2% comparativamente ao mesmo mês do ano passado. O maior aumento de 10,2% verificou-se nas unidades de três estrelas, com um Average de 54,61 euros.

O RevPar (preço médio por quarto disponível) mantém as tendências positivas verificadas nos restantes índices durante o mês de Julho, com um aumento de 17,5%, para 60,99 euros. A maior subida, relativamente ao mesmo mês de 2013, de 22%, foi registada nos hotéis de três estrelas (48,10 euros).

No que refere à Região de Lisboa, esta registou variações positivas na generalidade dos índices analisados. A taxa de Ocupação situou-se nos 81,29%, o que corresponde a um aumento de 9,5% relativamente ao mesmo período de 2013, com os hotéis de cinco estrelas a destacarem-se com uma subida de 10,8%, para 69,84%. Nas unidades de três e de quatro estrelas, a Ocupação rondou os 85% durante o mês em análise.

O preço médio por quarto vendido situou-se nos 77,85 euros, uma ligeira subida de 2,3% face a 2013. Durante o mês de Julho, as maiores subidas percentuais registaram-se no RevPar, com um aumento de 11,9%, correspondente a 63,29 euros.

Nos hotéis de três estrelas verificou-se um aumento de 13,2%, para 48,19 euros, nos de quatro, 13,2% para 55,54 euros e, os de cinco estrelas subiram 11%, para 90,58 euros.

Fonte: Publituris, 01-09-2014

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Novo regime para o Alojamento Local
Linha de Crédito Capitalizar 2018
BREXIT – Preparação para Saída do Reino Unido da UE
Linha de Apoio IFFRU 2020
Newsletter AHRESP #55
AHRESP alerta para a urgência de uma nova Lei para o Arrendamento Empresarial
Livro de Reclamações Eletrónico
Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior
Turismo de Ar Livre e Campismo - abril
Alojamento Turístico - abril
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"