NOVO PRAZO PARA AUDITORIAS ENERGÉTICAS ÀS “NÃO PME’S”

Conforme nossa Nota Informativa de 13 de outubro de 2015, o Decreto-Lei nº 68-A/2015, que tem como objetivo a redução do consumo energético, veio prever a obrigação, para todas as empresas que não sejam PME, ou seja, para as empresas com 250 ou mais trabalhadores e cujo volume de negócios anual excede                           € 50.000.000, ou cujo balanço total anual excede € 43.000.000, de realização de uma auditoria energética a todos os seus estabelecimentos.

Assim, as empresas que não sejam PME deveriam ter realizado uma auditoria energética, independente e rentável, até ao passado dia 5 de dezembro de 2015.

A AHRESP, desde logo se insurgiu contra esta medida, tendo então reunido com o Secretario de Estado da Energia, sede onde expos os seus argumentos.

Na sequência desta nossa reunião, foi agora emitida uma Circular Informativa da Direção-Geral de Energia e Geologia, dando nota da prorrogação do prazo anteriormente previsto, podendo as auditorias ser realizadas até ao próximo dia 30 de junho de 2016.

Não obstante nos congratularmos pelo facto da Secretaria de Estado da Energia ter sido sensível aos nossos argumentos, o facto é que apenas se adiou o prazo da obrigação, que continua a existir e a constituir mais um custo financeiro e burocrático para as nossas empresas.

Por esta razão continuaremos a trabalhar com a Secretaria de estado da Energia na tentativa de se alterar a lei, uma vez que esta obrigatoriedade não está diretamente relacionada com os maiores consumos energéticos, o que nos leva a questionar qual o benefício para os empresários e qual o sentido de uma auditoria que vise a redução energética quando não é possível ou rentável fazê-lo.

Igualmente, este regime não teve em conta que uma não PME, muitas das vezes, gere uma rede de pequenos estabelecimentos de baixo consumo energético, e que não deveriam estar sujeitos a esta auditoria.

Clique aqui para aceder à Circular Informativa da DGEG.

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Incêndios: Crédito bancário para turismo pode atingir "taxa zero" de juros
Hotelaria e restauração explicam quase 40% da criação de emprego
Certificado Óleos Alimentares Usados - FIM DA OBRIGAÇÃO DE AFIXAÇÃO
PRÉMIOS AHRESP 2018
Projeto de Igualdade Salarial da AHRESP é referência de boas práticas na Europa
Programa ´Portugal Sou Eu´ contribuiu para aumento das vendas em 82,6% das empresas que aderiram
"É preciso que os turistas encontrem produtos de Portugal à venda quando voltam a casa"
Já há alojamentos turísticos e restaurantes esgotados em Lisboa para a Web Summit
Web Summit: Já há alojamentos turísticos e restaurantes esgotados em Lisboa
Rede mundial de gastronomia portuguesa "à prova" em Paris
DESCRIMINALIZAÇÃO DA EXIBIÇÃO NÃO AUTORIZADA DE ÁUDIO E AUDIOVISUAIS
‘ROADSHOW NACIONAL DE WORKSHOPS CHEGA A ÉVORA’
Orçamento de Estado 2018 aprovado pela Assembleia da República
Alterações à Proposta de Lei do Orçamento de Estado 2018
A noite e a (in)segurança
Conselho Consultivo da AHRESP reunido na Riberalves
AHRESP saúda criação de linhas de apoio específicas para as empresas afetadas pelos incêndios
AHRESP congratula-se com descriminalização da exibição não autorizada de áudio e audiovisuais
AHRESP expressa voto de pesar pelas vítimas dos incêndios e apela à criação de medidas de apoio
AHRESP reuniu o seu Conselho Consultivo em Pedrogão Grande
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"