Pagamento de subsídios de férias e Natal em duodécimos

O Orçamento de Estado para o ano de 2018, publicado pela Lei n.º 114/2017, de 29 de dezembro, veio eliminar o regime legal de pagamento de subsídios de férias e Natal que vigorou nos últimos 5 anos.

Se entre 2013 e 2017, o Código do Trabalho permitiu que o pagamento dos subsídios de férias e Natal, no setor privado, fosse em regime de duodécimos, em 2018 esta possibilidade foi eliminada.

Contudo, o próprio Código do Trabalho não impede que estes subsídios possam continuar a ser liquidados em regime de duodécimos, desde que tal resulte de acordo escrito entre o empregador e o trabalhador.

Desta forma, os subsídios de férias e Natal podem ser pagos na íntegra antes do gozo do período de férias e até ao dia 15 de dezembro, respetivamente ou, em alternativa e desde que acordado por escrito entre as partes, ser liquidados da seguinte forma:

SUBSÍDIO DE FÉRIAS

  • Totalidade em regime de duodécimos OU
  • 50% em regime de duodécimos e restante 50% pago no mês anterior ao gozo do período de férias

SUBSÍDIO DE NATAL

  • Totalidade em regime de duodécimos, com o pagamento do último duodécimo até ao dia 15 de dezembro OU
  • 50% pago até ao dia 15 de dezembro e restante 50% em regime de duodécimos (com o pagamento do último duodécimo até ao dia 15 de dezembro)

NOTA: Mesmo nos casos em que os contratos coletivos em vigor (como é o caso dos contratos outorgados pela AHRESP) disponham que o subsídio de Natal será pago na respetiva época festiva e até ao dia 15 de dezembro, não está excluída a possibilidade do pagamento do mesmo em regime de duodécimos, desde que tal resulte de acordo escrito entre o trabalhador e o empregador.

Para o esclarecimento de qualquer dúvida relacionada com esta matéria, contacte-nos através do nosso número geral 213 527 060 (Sede Lisboa), ou diretamente para a sua Delegação da AHRESP, para o agendamento de uma consulta jurídica gratuita. Em alternativa pode enviar a sua questão para duvidas.juridico@ahresp.com.

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
CML - no dia 13 de fevereiro não se vão realizar as recolhas de resíduos orgânicos
Restauração e Alojamento criaram em 2017, 120 novos postos de trabalho por dia
Sector da restauração diz que é um "disparate" proibir a loiça de plástico
Proibição dos utensílios descartáveis plásticos
Confederação do Turismo foi recebida por Marcelo Rebelo de Sousa
Programa 'Casa Eficiente 2020'
O setor do turismo está em crescimento
Portugal 2020 Lisboa 2020 - Inovação Produtiva -janeiro.2018-
Orçamento de Estado 2018 - Principais mudanças
Caderno de Economia e Negócios AHRESP Nº06
Regulamento de Proteção de Dados
Turismo bate recordes de empregabilidade, mas debate-se com falta de mão-de-obra qualificada
DESCRIMINALIZAÇÃO DA EXIBIÇÃO NÃO AUTORIZADA DE ÁUDIO E AUDIOVISUAIS
‘ROADSHOW NACIONAL DE WORKSHOPS CHEGA A ÉVORA’
Orçamento de Estado 2018 aprovado pela Assembleia da República
Alterações à Proposta de Lei do Orçamento de Estado 2018
A noite e a (in)segurança
Conselho Consultivo da AHRESP reunido na Riberalves
AHRESP saúda criação de linhas de apoio específicas para as empresas afetadas pelos incêndios
AHRESP congratula-se com descriminalização da exibição não autorizada de áudio e audiovisuais
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"