Dados Alojamento Turístico -fevereiro.2018-

   RevPar com um crescimento de +9,3%, e Proveitos na Hotelaria +11,6% em fevereiro de 2018    

De acordo com os dados divulgados (13.abril.2018) pelo INE, na hotelaria em fevereiro de 2018, as dormidas registaram 2,9 milhões, correspondendo a um acréscimo homólogo de +6,2%. Para este resultado contribuíram tanto os residentes (+7,6%), como os não residentes (+5,6%), ambos com variações significativas face ao período homólogo de 2017.

O RevPAR assinalou um crescimento homólogo de +9,3%, tendo-se fixado nos 29,4€, continuando a ser o valor mais alto dos últimos cinco anos. De destacar os crescimentos homólogos das regiões da AM de Lisboa com +13,1%, e do Centro (+12,4%). A superar a média nacional, encontra-se a AM Lisboa (48,5€) e a Madeira (42,7€).


Os proveitos totais atingiram os 152,7 milhões de € e os de aposento 106,0 milhões de € (com crescimentos homólogos de +11,6% e +12,0%, respetivamente).

Todas as regiões assinalaram crescimentos homólogos, nos proveitos, com destaque para o Centro (+18,3% nos proveitos totais e +17,5% nos de aposento), e AM Lisboa (+13,6% e +16,4%, respetivamente).


                                

O crescimento das dormidas nos hotéis foi de +7,5%, que representaram 71,3% do total das dormidas. As restantes tipologias registaram maioritariamente crescimentos, face a fevereiro de 2017, com destaque para os hotéis de 3* (+11,0%). Nas restantes categorias o destaque foi para os aumentos registados nos apartamentos turísticos (+15,1%) e para as pousadas (+13,4%).

Destacam-se os crescimentos dos mercados da Suécia e E.U.A (+30,4%), Brasil (+28,6%) e Itália (+21,3%). O mercado alemão (14,8% do total das dormidas de não residentes) cresceu +4,4% em fevereiro deste ano.

Por regiões observaram-se aumentos generalizados das dormidas. Destaca-se o Alentejo (+10,6%), os Açores (+9,9%) e o Norte (+9,7%). Os crescimentos absolutos mais significativos encontra-se na AM Lisboa com +74,9 mil dormidas e na região Norte com um acréscimo de +37,7 mil dormidas.

No acumulado a fevereiro, os estabelecimentos hoteleiros registaram 2,2 milhões de hóspedes num total de 5,5 milhões de dormidas, o que traduziu aumentos homólogos de +5,2% e + 5,6%, respetivamente.

O mercado interno gerou 1,6 milhões de dormidas (+6,7%) e o mercado externo com 3,8 milhões de dormidas e um acréscimo de +5,1%. Dos principais países emissores para Portugal, salienta-se os crescimentos registados do mercado sueco (+38,8%), norte-americano (+26,0%) e brasileiro (+22,9%).

 

   Parques de Campismo     

Os parques de campismo, em fevereiro de 2018, registaram 53,5 mil campistas (+26,7%), que originaram 226,0 mil dormidas (+14,6%). O mercado interno contribuiu com 86,3 mil dormidas (+12,9%), e os mercados externos registaram 139,7 mil dormidas (+15,6%), face ao mesmo mês de 2017. A estada média nos parques de campismo foi de (4,23 noites), o que significou um decréscimo homólogo de -9,6%.



                         

De janeiro a fevereiro de 2018, os parques de campismo registaram 99,4 mil hóspedes (+18,9%) e 433,9 mil dormidas o que significou um acréscimo de +13,7%, face ao período homólogo.

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Receitas Turísticas Internacionais crescem +20,3% em março de 2018
AHRESP na associação europeia de Campismo e Caravanismo
Diretório Comercial Nacional – Registo Empresarial de Portugal
Mais respeito pelo alojamento local
Festival da Eurovisão - mais de 100mil visitantes em Lisboa
Tarifas de gás natural
Ações de formação para restauração
Sistema Verdoreca - o que mudou?
36 restaurantes em Coimbra com um menu especial durante esta semana
Restaurantes e Experiências - artigo de Jorge Humberto Silva
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
Regulamento de Proteção de Dados
Turismo bate recordes de empregabilidade, mas debate-se com falta de mão-de-obra qualificada
DESCRIMINALIZAÇÃO DA EXIBIÇÃO NÃO AUTORIZADA DE ÁUDIO E AUDIOVISUAIS
‘ROADSHOW NACIONAL DE WORKSHOPS CHEGA A ÉVORA’
Orçamento de Estado 2018 aprovado pela Assembleia da República
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"