AHRESP condena reforma da FISCALIDADE VERDE

A fiscalidade verde traça um “rumo negro” para as empresas do turismo portuguesas, garante a AHRESP - Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, no seguimento da apresentação pública do anteprojeto de reforma da Fiscalidade Verde.

“Esta proposta prevê a criação de novos impostos, taxas e custos de contexto aplicáveis a um sector que é hoje líder das exportações de serviços e que ainda está a tentar sair da crise”, reage a AHRESP. “Concordamos com o princípio da neutralidade fiscal que está subjacente à referida proposta mas recordamos que os princípios da Comporta Regulatória e do Teste PME devem igualmente ser cumpridos e que a neutralidade fiscal pode, encapotadamente, estar a introduzir novos impostos, taxas e custos”.

A posição da ARHESP prende-se com as propostas de uma Taxa Municipal de Ocupação Turística e de um Imposto sobre o Transporte Aéreo de Passageiros. “São, para nós, inconcebíveis e inaceitáveis. A AHRESP não consegue compreender como se pode proclamar a defesa de uma atividade económica fundamental ao crescimento económico do país e, ao mesmo tempo, impor taxas aplicáveis aos visitantes do nosso destino turístico, condenando a “galinha dos ovos de ouro”".

De acordo com a associação, as empresas do sector, que já estão sobrecarregadas do ponto de vista fiscal, nomeadamente pelos consumos de água, saneamento e gestão de resíduos, seriam, assim, sujeitas a uma dupla tributação “ilegal”, sob o pretexto do “desgaste proporcionado pelo turismo ao nível das infraestruturas”, conforme propõe a Comissão da Reforma da Fiscalidade Verde.

Fonte: grandeconsumo.com, 4 AGOSTO 2014

 

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Alojamento Turístico - julho.2018
Turismo de Ar Livre e Campismo - julho.2018
Alteração ao Contrato Coletivo de Trabalho entre a AHRESP e a FESAHT
Publicação do novo regime do Alojamento Local (AL)
Portal Nacional de Fornecedores do Estado
Novo regime para o Alojamento Local
Linha de Crédito Capitalizar 2018
BREXIT – Preparação para Saída do Reino Unido da UE
Linha de Apoio IFFRU 2020
Newsletter AHRESP #55
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"