AHRESP condena reforma da FISCALIDADE VERDE

A fiscalidade verde traça um “rumo negro” para as empresas do turismo portuguesas, garante a AHRESP - Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, no seguimento da apresentação pública do anteprojeto de reforma da Fiscalidade Verde.

“Esta proposta prevê a criação de novos impostos, taxas e custos de contexto aplicáveis a um sector que é hoje líder das exportações de serviços e que ainda está a tentar sair da crise”, reage a AHRESP. “Concordamos com o princípio da neutralidade fiscal que está subjacente à referida proposta mas recordamos que os princípios da Comporta Regulatória e do Teste PME devem igualmente ser cumpridos e que a neutralidade fiscal pode, encapotadamente, estar a introduzir novos impostos, taxas e custos”.

A posição da ARHESP prende-se com as propostas de uma Taxa Municipal de Ocupação Turística e de um Imposto sobre o Transporte Aéreo de Passageiros. “São, para nós, inconcebíveis e inaceitáveis. A AHRESP não consegue compreender como se pode proclamar a defesa de uma atividade económica fundamental ao crescimento económico do país e, ao mesmo tempo, impor taxas aplicáveis aos visitantes do nosso destino turístico, condenando a “galinha dos ovos de ouro”".

De acordo com a associação, as empresas do sector, que já estão sobrecarregadas do ponto de vista fiscal, nomeadamente pelos consumos de água, saneamento e gestão de resíduos, seriam, assim, sujeitas a uma dupla tributação “ilegal”, sob o pretexto do “desgaste proporcionado pelo turismo ao nível das infraestruturas”, conforme propõe a Comissão da Reforma da Fiscalidade Verde.

Fonte: grandeconsumo.com, 4 AGOSTO 2014

 

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #57
Portaria de Extensão – CCT AHRESP | FESAHT – Restauração e Bebidas
Alterações à recolha de lixo (feriado de 1 de novembro)
Alojamento Turístico -agosto.2018-
Turismo de Ar Livre e Campismo -agosto.2018-
ATUALIZAÇÃO DE RENDAS PARA 2019
Estudo inédito reúne dados essenciais para apoiar empresas HORECA
CCT entre a AHRESP e a FESAHT - alteração salarial e outras
Newsletter AHRESP #56
Campanha #MENOS PLÁSTICO, MAIS AMBIENTE
AHRESP APRESENTA PROPOSTAS PARA ORÇAMENTO DO ESTADO 2019
AHRESP SAÚDA REALIZAÇÃO DA WEB SUMMIT EM LISBOA POR MAIS 10 ANOS
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"