Press Release - 11.11.2014

Este setor não pode ser a fonte de receita dos municípios, ou do governo

Mais taxas? Não, obrigado… para já, queremos a REPOSIÇÃO do IVA

A Direção da AHRESP, em reunião ordinária, e em representação dos seus milhares de Associados a nível nacional, e das centenas de Associados do setor do Alojamento que representa, na cidade de Lisboa, apela ao bom senso dos decisores políticos.

Na nossa secular experiência, e em época de negociação dos orçamentos, estamos habituados a assistir às pressões económicas e financeiras, caraterísticas das dificuldades que os governos, as autarquias e todas as entidades públicas e privadas enfrentam.

Por isso, o bom senso tem que se sobrepor sobre “a casa sem pão…”.

As propostas e os facilitismos da cobrança de receitas fiscais, não se podem impor à razoabilidade, e à responsabilidade, de quem governa, e decide.

No espaço económico global, o Turismo é a atividade económica mais fortemente sujeita à competitividade e à concorrência internacional.

A AHRESP sempre alertou para as euforias das “estatísticas das dormidas e das chegadas aos aeroportos e portos”.

O Turismo, ou seja a “galinha dos ovos de ouro”, não é só dormidas e chegadas aos aeroportos e portos.

  • O Alojamento só representa 21,3% das receitas turísticas;
  • O Alojamento que tem 50% da sua capacidade instalada vazia, ou seja sem ocupação, e que vende a preços inferiores a todos os seus concorrentes internacionais e de idêntica notoriedade, não pode ser penalizado só porque tem uma taxa de IVA inferior à da Restauração.

Por exemplo, só o setor da Restauração em Portugal, que tem o imposto mais elevado da zona Euro, com a taxa de IVA a 23%, representa 52,8% das receitas Turísticas, 76,4% do total das empresas e 87,6% dos empregos no Turismo.

E mesmo assim, e infelizmente, no último ano, acabámos de perder mais 12.200 postos de trabalho, conforme informa o INE.

Por todas estas razões, a que se acrescem as condicionantes legais, que não permitem cobranças de taxas como impostos, a AHRESP após reunir com todos os Grupos Parlamentares, aguarda as reuniões que está a agendar com o Governo e com o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, a fim de decidir, calma e ponderadamente, sobre todas estas problemáticas.
 

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #55
Livro de Reclamações Eletrónico
AHRESP alerta para a urgência de uma nova Lei para o Arrendamento Empresarial
Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior
Receitas Turísticas Internacionais - abril
Turismo de Ar Livre e Campismo - abril
Newsletter AHRESP #54
Alojamento Turístico - abril
Newsletter AHRESP #53
Prémios AHRESP 2018
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"