Press Release - 29.01.2015

Sacos plásticos


Após negociações da AHRESP com o Ministério do Ambiente, acaba de ser publicado, o Despacho nº 850-A/2015, de 27 de janeiro, que “estabelece o mecanismo voluntário de declaração de sacos de plástico leves”.

Trata-se de uma louvável iniciativa do Ministro do Ambiente, para evitar que os sacos plásticos existentes atualmente, nos nossos stocks, e que não correspondem ao preceituado, na Portaria nº 286-B/2014, de 31 de dezembro, não sejam inutilizados, e assim possam manter-se no circuito económico.

Contudo, prevê o Despacho que os sacos plásticos leves, existentes em stock, possam ser objeto de uma Declaração de introdução no Consumo (DIC), durante todo o mês de fevereiro, devendo-se proceder à liquidação da respetiva contribuição, através de um pagamento efetuado até ao 15º dia posterior à Declaração, o que continua a ser um constrangimento para as nossas empresas, que se veem confrontadas com um pagamento antecipado.

Recorda-se que a partir de 15 de fevereiro, todos os sacos plásticos leves, disponibilizados aos nossos clientes, têm que ser cobrados (8 cêntimos + IVA por unidade), sob pena de incumprimento legal, dando origem a uma coima mínima de 38.500 euros, por mera negligência.

A AHRESP lamenta que o governo não tenha tido a flexibilidade suficiente para evitar o pagamento antecipado do novo imposto, sobre todos os nossos stocks, pelo que recomenda a todos os empresários que calculem criteriosamente os valores dos investimentos existentes em stock, face às suas capacidades de escoamento no tempo, atendendo a que o consumo vai diminuir drasticamente.

E assim decidirem sobre a oportunidade de efetuarem a Declaração, e caso a façam, quais as quantidades que vão declarar, pois terão que liquidar antecipadamente o novo imposto.

Reconhecendo o mérito do Ministro do Ambiente ao esforçar-se para não causar prejuízos nos investimentos já efetuados, não deixamos de salientar que se trata de um novo Custo de Contexto, que não respeita a Comporta Regulatória e o Teste PME, e não é suportável pelas nossas descapitalizadas empresas, que continuam a aguardar pela REPOSIÇÃO da Taxa do IVA.
 

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Portaria de Extensão – CCT AHRESP | FESAHT – Restauração e Bebidas
Alterações à recolha de lixo (feriado de 1 de novembro)
Alojamento Turístico -agosto.2018-
Turismo de Ar Livre e Campismo -agosto.2018-
ATUALIZAÇÃO DE RENDAS PARA 2019
Estudo inédito reúne dados essenciais para apoiar empresas HORECA
Newsletter AHRESP #56
CCT entre a AHRESP e a FESAHT - alteração salarial e outras
Vencedores ‘7 Maravilhas à Mesa’
15ª Edição dos Portugal Travel Awards
AHRESP APRESENTA PROPOSTAS PARA ORÇAMENTO DO ESTADO 2019
AHRESP SAÚDA REALIZAÇÃO DA WEB SUMMIT EM LISBOA POR MAIS 10 ANOS
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"