Press Release - 11.02.2015

Se as crianças são o nosso futuro, a sua alimentação não deveria de ser uma prioridade?

É urgente garantir serviços mínimos nas cantinas e refeitórios escolares


Numa altura em que muitas famílias atravessam dificuldades financeiras, que se refletem em carências alimentares atingindo milhares de crianças, o Governo insiste em não reconhecer a alimentação nas escolas como uma necessidade social impreterível, fazendo com que, a cada greve, as nossas crianças sejam privadas de alimentação.

Sabemos, infelizmente, que muitas crianças têm na alimentação que lhes é fornecida na escola, a única refeição do dia. Sabemos que, muitos Serviços Escolares solicitaram às empresas nossas associadas, um reforço de certas refeições. O que não entendemos, e muito menos aceitamos, é que o Governo, em caso de greve, não estabeleça os necessários serviços mínimos para o funcionamento das cantinas e dos refeitórios escolares.

Durante uma greve, as crianças permanecem na escola um dia inteiro sem que lhes seja prestada qualquer alimentação, apesar de, muitas das vezes, já estar paga. 

A AHRESP tem como associadas empresas que operam nas cantinas e refeitórios escolares pelo que, com conhecimento de causa, sabe que esta é uma situação dramática. Assim, solicitamos ao Governo que reveja esta sua posição e, de uma vez por todas, corrija este entendimento para que nas greves sejam definidos serviços mínimos que acautelem estas situações.

As cantinas e refeitórios escolares prestam um inestimável serviço aos nossos alunos satisfazendo uma necessidade e um direito básico que é a alimentação, tendo mesmo já sentido a necessidade de funcionar em época de férias para que as crianças fossem alimentadas.

Sublinhamos que a greve não é um direito absoluto, e deve ceder perante outros direitos fundamentais, como é o caso deste Direito Universal Fundamental, constante da Declaração dos Direitos da Criança.

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Alojamento Turístico - julho.2018
Turismo de Ar Livre e Campismo - julho.2018
Alteração ao Contrato Coletivo de Trabalho entre a AHRESP e a FESAHT
Publicação do novo regime do Alojamento Local (AL)
Portal Nacional de Fornecedores do Estado
Novo regime para o Alojamento Local
Linha de Crédito Capitalizar 2018
BREXIT – Preparação para Saída do Reino Unido da UE
Linha de Apoio IFFRU 2020
Newsletter AHRESP #55
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"