Press Release - 08.05.2015

INE confirma destruição de 53 mil postos de trabalho nos últimos 6 meses na Restauração e Hotelaria

Os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que o sector do Alojamento e Restauração registou 249.100 postos de trabalho no 1º trimestre de 2015, o que representa um mínimo histórico dos últimos 7 anos. Segundo os números solicitados ao INE e analisados pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), entre Setembro de 2014 e Março de 2015, foram destruídos 52.900 postos de trabalho - mais de 290 por dia o que significa uma redução de 17,5% nos últimos seis meses.

Para José Manuel Esteves, Director-geral da AHRESP, «estes números confirmam o massacre que está a devastar um dos sectores que mais gera empregos em Portugal. As nossas empresas – aquelas que conseguiram sobreviver – encontram-se numa situação insustentável do ponto de vista financeiro e de recursos humanos. Sem trabalhadores não podemos garantir qualidade de serviço ao sector do Turismo e sem Turismo, a economia nacional não cresce». 

O aumento do IVA para os 23% nos Serviços de Alimentação e Bebidas é a principal causa desta redução de postos de trabalho, uma vez que tem levado ao encerramento de milhares de estabelecimentos bem como ao sobreendividamento de milhares de empresas. Dados oficiais do INE indicam que a Restauração e a Hotelaria representam 71,3% das empresas, 77,4% das pessoas empregadas e 50,5% do volume de negócios do setor do Turismo. Refira-se ainda que, sem a Restauração e a Hotelaria, o contributo do Turismo para o PIB desce de 10% para 5,6%.

A taxa de IVA nos Serviços de Alimentação e Bebidas que se pratica em Portugal é a mais elevada da União Económica e Monetária, mantendo-a 130% acima dos nossos principais concorrentes. O aumento de 77% do imposto do IVA em 2012 colocou Portugal muito acima da média da União Económica e Monetária – que é de 13,6% - retirando competitividade fiscal ao nosso país, face a outros como a Holanda (6%), Irlanda (9%), Espanha (10%), França (10%), Itália (10%) e Grécia (13%).

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #55
Livro de Reclamações Eletrónico
AHRESP alerta para a urgência de uma nova Lei para o Arrendamento Empresarial
Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior
Receitas Turísticas Internacionais - abril
Turismo de Ar Livre e Campismo - abril
Newsletter AHRESP #54
Alojamento Turístico - abril
Newsletter AHRESP #53
Prémios AHRESP 2018
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"