Outra vez o couvert

Jornal Público

Opinião Por Ana Jacinto 06/10/2015 

O sector está saturado de fundamentalismos, a pretexto de falsos ganhos em matéria de qualidade. A propósito da mais recente investida da Associação Portuguesa de Direito do Consumo (APDC) sobre a cobrança (ou não), do couvert, e em que esta entidade vem defender que o consumidor pode comer e não pagar, só nos apetece dizer: de facto, era só o que faltava para se "matar" o setor, poder comer sem ter de se pagar!

Felizmente, nesta questão, o Ministério responsável pela elaboração da lei sobre esta matéria, e a própria DECO, perfilham do entendimento da AHRESP, no sentido de que se consumiu deve pagar, o que é de elementar justiça. Mas este (caricato) episódio da APDC trouxe-nos à memória outros tantos (maus) exemplos a que estão sujeitos os estabelecimentos de restauração e bebidas.

Referimo-nos, por exemplo, à absurda proibição de utilização pelos estabelecimentos de restauração do tão nosso, tradicional e saudoso "galheteiro", medida que teve apenas como efeito a desvirtuação da nossa Gastronomia - que não esqueçamos faz parte do nosso Património Cultural - a exponencial subida do preço do azeite, a publicidade gratuita que somos obrigados a fazer às marcas na nossa mesa, e os elevados custos ambientais que acarretou pela produção acrescida de embalagens/resíduos que gerou.

E não esqueçamos nunca o "atentado" ao setor que constituiu o colossal aumento do IVA aplicável aos serviços de alimentação, que inflacionou 77%, passando dos 13% para a taxa máxima de 23%, equipando, em termos fiscais, a alimentação - bem essencial consagrado na Declaração Universal dos Direitos do Homem - a um qualquer artigo de luxo.

O setor está saturado de fundamentalismos, a pretexto de falsos ganhos em matéria de qualidade, como é o caso da galheteiros, em matéria ambiental, como é o caso da contribuição para os sacos de plástico, ou os falsos ganhos de receitas fiscais como é o caso do IVA, com o Governo a teimar em não apresentar informação oficial atualizada sobre a receita obtida, apesar dos vários pedidos da AHRESP e de grupos parlamentares nesse sentido, ou sobre o impacto negativo em IRS, IRC e Segurança Social provocado pelos inúmeros encerramentos de empresas e perda de postos trabalho. É chegada a hora de agir, com a esperança de que a próxima legislatura corrija o caminho, enveredando pelo desenvolvimento deste setor, que sustenta uma parte significativa da nossa economia.

Secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP)

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #55
Livro de Reclamações Eletrónico
AHRESP alerta para a urgência de uma nova Lei para o Arrendamento Empresarial
Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior
Receitas Turísticas Internacionais - abril
Turismo de Ar Livre e Campismo - abril
Newsletter AHRESP #54
Alojamento Turístico - abril
Newsletter AHRESP #53
Prémios AHRESP 2018
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
Restauração e Alojamento criaram mais de 21 mil novos postos de trabalho
NOVOS ÓRGÃOS SOCIAIS DA AHRESP TOMARAM POSSE
AHRESP NA VICE PRESIDÊNCIA DA FEDERAÇÃO EUROPEIA ORGANIZAÇÕES CAMPISMO E CARAVANISMO
Eleições da AHRESP Triénio 2018-2021
Turismo continua a impulsionar evolução positiva da conjuntura económica
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"