IVA NA RESTAURAÇÃO, REFRIGERANTES E CONGELADOS DISPARA PARA 23%

Água engarrafada aumenta de 6 para 13%. Governo passou, pelo menos, 17 produtos para o valor máximo do imposto sobre o valor acrescentado, segundo a proposta de Orçamento de Estado para 2012 que o Governo entregou esta tarde à Assembleia da República.

 

Apesar dos protestos do sector, o Governo mexeu mesmo no IVA aplicado à restauração, que dos 13% passa a estar sujeita à taxa máxima de 23%. De acordo com o proposta do Orçamento do Estado, a que o PÚBLICO teve acesso, o agravamento do imposto sobre o valor acrescentado afecta produtos como a água engarrafada, até agora com 6%. Assim, águas minerais ou de nascente passar a estar sujeitas a 13% de IVA.

Se o aumento do imposto se repercutir nos preços praticados ao consumidor, comprar por exemplo uma lata de ananás em calda pode passar a custar mais 20 cêntimos (de 2,29 euros para 2,49 euros, tendo em conta os preços indicados no site online do Continente). Do café em pó, à pizza pré-congelada, o aumento do IVA afecta um cabaz de produtos diversos, tal como tinha sido sugerido por Pedro Passos Coelho, durante a comunicação ao país na semana passada.

De fora ficam alguns bens considerados “cruciais” pelo Governo para sectores de produção nacional (vinicultura, agricultura e pescas) como o vinho ou os néctares de fruta.

O aumento do IVA aplicado à restauração é um balde de água fria para o sector que, mesmo depois da intervenção de Passos Coelho, ainda acreditava que o imposto poderia não aumentar. Os empresários já prometeram criar o Dia Nacional Sem Restaurantes, suspender todos os apoios à divulgação da gastronomia nacional e recusar participar na campanha “Compre Português”.

Pelo contrário, a hotelaria escapa às alterações e mantém-se na taxa reduzida de 6%, tal como os jornais e revistas.

Se os portugueses já estavam a conter gastos com entretenimento e lazer é expectável que a tendência se mantenha: os espectáculos, cinema e futebol passam de 6 para 23%.

O que muda

De 6 para 13%:
Águas engarrafadas

De 6 para 23%:
Batata frita congelada
Espectáculos
Bebidas e sobremesas lácteas
Refrigerantes

De 13 para 23%:
Restauração
Café
Pizzas congeladas e refeições prontas
Fruta de conserva
Frutos secos
Óleos alimentares
Margarinas
Aparelhos de captação de energia solar

Na proposta do Orçamento de Estado, o Governo decidiu não aumentar os escalões de IRS, o que prejudicará quem venha a ter um rendimento maior em 2012. Para os pensionistas que recebam entre 3600 e 6000 euros anuais, vai haver também um agravamento no IRS.

A proposta do Governo também aumenta o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). No caso dos prédios devolutos, o IMI triplica.

Fonte: Público, 18.10.11
http://economia.publico.pt/Noticia/iva-na-restauracao-refrigerantes-e-congelados-dispara-para-a-taxa-maxima-1516910

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Governo aprova requisição civil
Taxa de vagas de emprego sobe em Portugal para 0,7%
Portugal entre os melhores no ajustamento mas com economia "doente"
Economia portuguesa dá sinais negativos em Outubro
RENA recusa-se a cobrar taxa de turismo em Lisboa
Turismo é campeão da economia com crescimento que deve ser realçado
Turismo vai criar 160 mil postos de trabalho
Ribeira das Naus fecha durante as férias escolares
Mais de um ano depois, ainda não se sabe quantas empresas aderiram ao IVA de caixa
Em 2013 Portugal teve 119 greves. Perderam-se 77 mil dias de trabalho
Press Release - 09.12.2014
Press Release - 27.11.2014
Press Release - 25.11.2014
Press Release - 24.11.2014
Press Release - 11.11.2014
Press Release - 06.11.2014
Press Release - 29.10.2014
Press Release - 16.10.2014
Press Release - 08.10.2014
Press Release - 26.09.2014
> SIRAH | 24 a 28 de Janeiro 2015 | França
>FITUR2015 | 28 janeiro a 1 fevereiro 2015 | Madrid
>VI Fórum de Negócios e Investimento Turístico para África |29 janeiro 2015 | Madrid
> BTL 2015 | 25 fevereiro a 1 de março | Lisboa
>Tawan International Hotel, Restaurant and Catering Show |24 a 27 junho, 2015 | Taipei