Alojamento Local é a fonte de sustento para 60% dos proprietários em Lisboa

REABILITAÇÃO Em Lisboa, a maioria dos edifícios estavam desocupados em Lisboa antes de serem alojamento local, diz o estudo do ISCTE

Estudo do ISCTE revela que os donos de alojamento local em Lisboa têm "formações muito ecléticas", mas "uma visão amadora ao nível da gestão". A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal vai avançar com um programa de padrões de serviço para esta oferta turística, que se estenderá ao resto do país

PARTILHAR QUARTOS. Cerca 86% do alojamento local em Lisboa funciona em apartamentos

Em mais de 60% dos casos, o alojamento local é a principal atividade económica dos proprietários de casas em Lisboa que optam por vender noites a turistas - é uma das conclusões do estudo sobre a caracterização deste tipo de oferta na capital portuguesa, desenvolvido pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE).

O estudo insere-se num programa com um conjunto de padrões de serviço para acolher os hóspedes a adotar pelas unidades de alojamento local (o Programa Quality) lançado pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP).

"É um programa que tem a ambição de responder à dinâmica de crescimento explosivo desta realidade. A hotelaria já tem parâmetros de serviço bem definidos, mas o alojamento local representa aqui uma categoria mais desregulada", salienta Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP e coordenadora do Programa Quality. "Venham os novos espaços de alojamento local, mas numa ótica de não defraudar as expectativas dos turistas e de projetar Portugal como um destino de excelência.

Lembrando que entre os proprietários de casas que se dedicam a alojamento local "há alguns que são profissionais, mas muitos são curiosos, e precisam de ajuda a nível da gestão", Ana Jacinto salienta que o Programa Quality visa "melhorar os estabelecimentos nas suas várias vertentes, criando maior sensibilidade para a qualidade no atendimento e o alojamento local tem de ter, e também potenciar a redução de custos".

Segundo a responsável da AHRESP, "criámos uma 'check list' com alguns requisitos obrigatórios para minorar eventuais questões na área de ambiente ou de ruído, que é um documento de apoio ao empresário e com os referenciais das boas práticas de gestão". O Programa Quality vai materializar-se num 'selo' atribuído pela AHRESP, certificando as unidades de alojamento local que cumprem as normas de qualidade, e os primeiros vão selos serão atribuídos em Mafra, a zona-piloto de desenvolvimento do programa.

"Começámos por Lisboa, mas já estamos a trabalhar num projeto semelhante para a região centro, o Norte e o Alentejo. O objetivo é chegar também ao Algarve e às regiões autónomas", adianta Ana Jacinto.

O alojamento local é "um sector feliz"

O primeiro passo do programa, segundo a AHRESP, foi conhecer a fundo a realidade do alojamento local em Lisboa, pelo que foi encomendado um estudo ao ISCTE, que envolveu desde a caracterização dos imóveis até ao perfil do empresário e dos próprios hóspedes. 

Fonte:Expresso:11-03-17

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #51
A Região Autónoma da Madeira adapta o regime jurídico do RJACSR
Prémios AHRESP lança campanha outdoor de incentivo ao voto
Nova coordenação do Departamento do Alojamento da AHRESP
Dados Alojamento e Hotelaria -Fevereiro de 2017
Comunicado do Conselho de Ministros - 20 abril
"Portugal Sou Eu" e Casa do Arroz unem-se para promover o arroz carolino
Obrigatoriedade de existência de opção vegetariana nas cantinas e refeitórios públicos
The (fake) sick man of Europe: Hotels bar British tourists as bogus holiday illness claims soar 400%
BAIXA INAUGURA PRIMEIRA ESPLANADA COM NOVO MOBILIÁRIO URBANO
AHRESP saúda aprovação da lei sobre a clarificação do Imposto do Selo
Publicação da Lei sobre a clarificação do Imposto do Selo em fase final
AHRESP Será recebida hoje na AR para debater alterações ao Código do Imposto de Selo
AHRESP com maior presença de sempre na BTL
Alojamento Local: maioria dos imóveis estava desocupada antes de ser convertida
INE divulga dados do emprego do 4º trimestre e Ano 2016
AHRESP exige que o Imposto do Selo seja suportado pelas instituições financeiras
AHRESP defende Lisboa Sul/Montijo como solução para o Aeroporto de Lisboa
AHRESP OLHA COM EXPETATIVA PARA O ORÇAMENTO DE ESTADO DE 2017
Vivam as Estrelas
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"