Prorrogação do prazo de aplicação do NRAU para o arrendamento não habitacional

Foi promulgado, no passado dia 7, pelo Presidente da República, o Decreto da Assembleia da República nr.º 102/XIII que prorroga por 10 anos o prazo de aplicação do Novo Regime de Arrendamento Urbano (NRAU) para o arrendamento não habitacional.

Em comunicado, o Presidente justifica a promulgação referindo  que “apesar da introdução de restrições a uma tendência de reconhecimento da liberdade contratual”, a alteração atende “aos propósitos sociais em causa”, bem como “traduz a posição programática do Governo e da sua base de apoio parlamentar” (para aceder ao comunicado, clique AQUI .

Note-se, no entanto, que esta prorrogação apenas é aplicável para os contratos não habitacionais celebrados antes da vigência do Decreto-Lei nr.º 257/95, 30 de setembro.
Deste modo, para ocorrer uma transição do contrato não habitacional para o NRAU, aos atuais 5 anos de período transitório, somar-se-ão outros 5, de modo a perfazer um total de 10 anos.

Consequentemente, as rendas não poderão sofrer alterações até ao término daquele período, mantendo-se, assim, “congeladas” por mais meia década.
Trata-se de uma matéria de extrema relevância para os setores que defendemos, uma vez que a aplicação do NRAU, com a consequente atualização das rendas ou a transformação do contrato não habitacional sem termo para contrato a prazo certo, põe em causa a viabilidade dos negócios desenvolvidos pelos empresários do setor da hotelaria e restauração.

Como tal, a AHRESP foi chamada pela 11ª Comissão Parlamentar para dar os seus contributos na elaboração das presentes alterações, tendo, igualmente, sido ouvida em audiência promovida por aquela Comissão.

Após todo este caminho percorrido, resta, somente, a publicação da alteração no Diário da República, situação que iremos continuar a acompanhar e sobre a qual daremos conhecimento, e demais informações, logo que se encontre publicada.

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Incêndios: Crédito bancário para turismo pode atingir "taxa zero" de juros
Hotelaria e restauração explicam quase 40% da criação de emprego
Certificado Óleos Alimentares Usados - FIM DA OBRIGAÇÃO DE AFIXAÇÃO
PRÉMIOS AHRESP 2018
Projeto de Igualdade Salarial da AHRESP é referência de boas práticas na Europa
Programa ´Portugal Sou Eu´ contribuiu para aumento das vendas em 82,6% das empresas que aderiram
"É preciso que os turistas encontrem produtos de Portugal à venda quando voltam a casa"
Já há alojamentos turísticos e restaurantes esgotados em Lisboa para a Web Summit
Web Summit: Já há alojamentos turísticos e restaurantes esgotados em Lisboa
Rede mundial de gastronomia portuguesa "à prova" em Paris
DESCRIMINALIZAÇÃO DA EXIBIÇÃO NÃO AUTORIZADA DE ÁUDIO E AUDIOVISUAIS
‘ROADSHOW NACIONAL DE WORKSHOPS CHEGA A ÉVORA’
Orçamento de Estado 2018 aprovado pela Assembleia da República
Alterações à Proposta de Lei do Orçamento de Estado 2018
A noite e a (in)segurança
Conselho Consultivo da AHRESP reunido na Riberalves
AHRESP saúda criação de linhas de apoio específicas para as empresas afetadas pelos incêndios
AHRESP congratula-se com descriminalização da exibição não autorizada de áudio e audiovisuais
AHRESP expressa voto de pesar pelas vítimas dos incêndios e apela à criação de medidas de apoio
AHRESP reuniu o seu Conselho Consultivo em Pedrogão Grande
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"