Maioria dos imóveis de alojamento local estava desocupada antes de ser convertida

Um estudo da Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), no âmbito do Programa Quality, permitiu concluir que, antes de serem convertidos em unidades de alojamento local (AL), a maioria dos imóveis estava desocupada (59%), em 19% dos casos passaram de arrendamento para habitação para AL e 13% eram utilizados para habitação própria.

Por sua vez, os empresários consideram que as principais ameaças sentidas são a carga fiscal, as questões legais e de licenciamento (47%), a sazonalidade do negócio (41%). Já as oportunidades mais referidas são a procura turística de estrangeiros (85%), a perceção positiva sobre Portugal (59%) e a procura de um serviço personalizado (42%).

Segundo os inquiridos deste estudo, os franceses (47%) e espanhóis (28%) estão entre os hóspedes que mais procuram o AL, com 45% das reservas a serem feitas por casais. Outro dado a registar é que cerca de metade dos clientes não tem mais de 40 anos.

A informação para este estudo foi recolhida através do preenchimento de um questionário, enviado aos empresários inscritos no Registo Nacional de Estabelecimentos de Alojamento Local ou referenciados pelas autarquias da Região de Lisboa. Numa primeira fase, este inquérito foi realizado na Área Metropolitana de Lisboa, mas está já a ser replicado na região Norte, Centro e Alentejo, de forma a permitir um maior conhecimento da realidade do AL em Portugal.

A AHRESP realizou este estudo em parceria com o ISCTE, a Sítios e com o apoio do Turismo de Portugal. 

Fonte: Ambitur, 4 Julho 2017

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Incêndios: Crédito bancário para turismo pode atingir "taxa zero" de juros
Hotelaria e restauração explicam quase 40% da criação de emprego
Certificado Óleos Alimentares Usados - FIM DA OBRIGAÇÃO DE AFIXAÇÃO
PRÉMIOS AHRESP 2018
Projeto de Igualdade Salarial da AHRESP é referência de boas práticas na Europa
PONTOS ESSENCIAIS: Web Summit: Tudo o que já se sabe a uma semana do evento
FESAHT - Pré-aviso Greve
Programa ´Portugal Sou Eu´ contribuiu para aumento das vendas em 82,6% das empresas que aderiram
"É preciso que os turistas encontrem produtos de Portugal à venda quando voltam a casa"
Já há alojamentos turísticos e restaurantes esgotados em Lisboa para a Web Summit
Alterações à Proposta de Lei do Orçamento de Estado 2018
A noite e a (in)segurança
Conselho Consultivo da AHRESP reunido na Riberalves
AHRESP saúda criação de linhas de apoio específicas para as empresas afetadas pelos incêndios
AHRESP congratula-se com descriminalização da exibição não autorizada de áudio e audiovisuais
AHRESP expressa voto de pesar pelas vítimas dos incêndios e apela à criação de medidas de apoio
AHRESP reuniu o seu Conselho Consultivo em Pedrogão Grande
Alimentação dos portugueses em debate na 1ª Convenção de Alimentação Coletiva
AHRESP lança ‘Rede de Restaurantes Portugueses no Mundo’ para enaltecer a gastronomia nacional
Linha de apoio a empresas turísticas afetadas pelos incêndios
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"