Estudo inédito reúne dados essenciais para apoiar empresas HORECA

A AHRESP e a NIELSEN, reconhecendo a falta de informação estatística acerca do negócio da restauração, realizaram um inquérito junto do Canal HORECA (restauração e bebidas e alojamento turístico), com o principal objetivo de conhecer os padrões atuais do consumo dos clientes, nacionais e estrangeiros.

Este inquérito incidiu sobre mais de 2.000 estabelecimento, e os dados agora recolhidos permitem à Associação e aos Empresários, a análise dos comportamentos da procura e consequentemente, apoiar a definição ou o reajustamento da sua estratégia comercial.

Nesse sentido, apresentamos as principais conclusões, pelas várias temáticas inquiridas:

  • Número médio de refeições servidas, nos dias úteis e fim-de-semana, almoço e jantar

    • Em dias úteis, os consumidores Nacionais almoçam mais fora de casa, ultrapassando 60% das refeições servidas;

    • Os Hotéis são exceção, pois a regra são os Jantares;

    • Durante o fim-de-semana o Consumo Turístico passa a ser ao jantar para quase todos os estabelecimentos (exceto Snacks);

    • A área Centro/Norte regista o valor médio de refeições servidas mais elevado ao almoço nos dias úteis (54) e no fim-de-semana (59). Na área Centro/Lisboa e nas áreas Norte e Sul, são servidas em média, 45 refeições/dia nos dias úteis, ao almoço;

    • A área Sul apresenta os valores mais elevados para o menu turístico, uma média de 72 refeições ao almoço e média de 84 ao jantar.


 

  • Tipo de Oferta

  • As ementas de Pratos de Carne e Peixe estão presentes em quase todos os locais, sendo de salientar que cerca de 5% já disponibiliza na ementa pratos Vegetarianos/Vegan;

  • Em todas as áreas analisadas, as preferências dos inquiridos recaem sobre o prato de carne e peixe, com 97,1% e 89,1%, respetivamente. De destacar a área Sul, onde a preferência pelo prato vegetariano já apresenta um peso de 11%;

 

  • Preços Praticados

  • Relativamente aos preços praticados, e por tipo de refeição, verifica-se uma predominância entre os 5€ e os 10€, sendo que nos Pratos Vegetarianos 30% recai acima dos 10€;

  • No que concerne ao preço do Jantar, 47% situa-se entre os 5-10€ e 45% acima dos 10€. Ao Almoço mais de metade dos preços ficam entre os 5€ e 10€;

  • Ao Fim de Semana tudo se altera, e preços aumentam substancialmente, elevando-se para a fasquia acima dos 10€.


 

  • Meios de Pagamento Utilizados

  • O modo de pagamento mais utilizado para pagamento de refeições no geral é o Dinheiro e não o “Plástico”, uma vez que o preço médio de um Snack tende a ser menor;

  • Caso a análise seja feita por tipo de estabelecimento, já a disparidade de utilização de dinheiro esbate-se;

  • Na região Norte, os pagamentos em dinheiro registam 89%, mas na área Centro/Lisboa o pagamento em dinheiro é semelhante ao pagamento em cartão de débito, com 55% e 42%, respetivamente.


 

  • Origem dos Clientes

  • A maioria dos Consumidores são de origem Europeia, havendo uma ligeira subida na percentagem de Asiáticos nos dias úteis;

  • Relativamente ao número de refeições turísticas servidas observa-se que os inquiridos provenientes do Continente Americano (América do Norte), representam 52% na área Norte e 30% na área Sul, sendo que a América do Sul representa 63% na área Norte e 20% na área Sul;

  • Os inquiridos do Continente Asiático representam maior número de refeições na Área Norte (45%), seguido da Área Centro/Lisboa (29%) e por último a Área Centro/Norte e a Área Sul, com 15% e 12% respetivamente;

    • Os inquiridos do Continente Africano, representam um maior número de refeições efetuadas na Área Norte (66%) e logo de seguida a Área Centro/Norte com 24%;

    • Os inquiridos Sul-americanos aproveitam mais os fins-de-semana.

 

Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Newsletter AHRESP #58
Alojamento Turístico -setembro.2018-
Turismo de Ar Livre e Campismo -setembro.2018-
Newsletter AHRESP #57
Portaria de Extensão – CCT AHRESP | FESAHT – Restauração e Bebidas
Alterações à recolha de lixo (feriado de 1 de novembro)
Alojamento Turístico -agosto.2018-
Turismo de Ar Livre e Campismo -agosto.2018-
ATUALIZAÇÃO DE RENDAS PARA 2019
Estudo inédito reúne dados essenciais para apoiar empresas HORECA
AHRESP promove curso de Gestão de Alojamento Local
CHECKUP HOTEL
AHRESP contra a taxa turística em Fátima, solícita suspensão e apela ao diálogo
AHRESP APRESENTA PROPOSTAS PARA ORÇAMENTO DO ESTADO 2019
AHRESP SAÚDA REALIZAÇÃO DA WEB SUMMIT EM LISBOA POR MAIS 10 ANOS
Alterações legislativas do AL podem ter impactos muito negativos e injustificados
AHRESP apresenta nova fase do programa Seleção Gastronomia e Vinhos Açores
DIA MUNDIAL DO AMBIENTE
AHRESP lança segunda fase do Taste Portugal
AHRESP lança campanha de sensibilização para redução de plásticos
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"