História

Como surgiu a AHRESP  


A actividade exercida pelos estabelecimentos que serviam ao público comidas e bebidas, deu motivo, no ano de 1896, à criação duma Associação na cidade de Lisboa. Tratou-se, efectivamente, da fundação da Associação de Classe dos Proprietários de Estabelecimentos, denominados Casas de Pasto e de Vinhos de Lisboa, no âmbito do respectivo concelho. Tal Associação serviu de incentivo à constituição, em 1911, da Associação de Classe dos Proprietários de Hotéis e de Restaurantes, passando a reger-se pelos respectivos estatutos, que viriam a ser alterados, em 1915, e adoptada a nova denominação de Associação de Classe dos Proprietários de Hotéis, Restaurantes, Cafés e Estabelecimentos Congéneres, cuja actividade foi exercida até 1932.

Precisamente, nesse ano, devido à instauração do Regime Corporativo em Portugal, as actividades dos diversos estabelecimentos do sector foram ordenadas, sendo então criados os correspondentes Grémios por actividade. Por esse facto, o país foi corporativamente dividido em duas regiões, a do Norte e a do Sul, dando motivo à constituição de duas Uniões desses Grémios, como segue: Grémios dos Hotéis; Grémios das Pensões; Grémios dos Restaurantes e Cafés; Grémios das Confeitarias e Pastelarias; Grémios das Leitarias; Grémios das Casas de Pasto e de Vinhos. Todos eles, geograficamente identificados e integrados em cada uma dessas Uniões de Grémios, passando a reger-se pelos correspondentes estatutos.

A União de Grémios do Norte abrangia os distritos de Aveiro, Braga, Bragança, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu. E à União de Grémios do Sul corresponderam os restantes distritos do país: Beja, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém e Setúbal.

Nessa conformidade e com a actividade por cada Grémio exercida, decorreram quatro décadas até ao ano de 1974, quando, devido à Revolução do 25 de Abril, foi posto termo ao referido Regime Corporativo com a extinção dos Grémios e a sua transformação nas respectivas Associações de Classe.

Assim, no que respeita à União do Sul, três dos Grémios agruparam-se numa única Associação, denominada Associação dos Restaurantes e Similares do Centro/ Sul. Foram eles, o Grémio dos Restaurantes e Cafés do Sul, o Grémio das Confeitarias e Pastelarias do Sul e o Grémio das Leitarias do Sul, sendo transferidos para aquela Associação todos os bens, direitos e obrigações de cada um dos extintos Grémios. A cada um dos outros Grémios correspondeu a respectiva Associação, ficando todas elas integradas na União da Indústria Hoteleira e Similares do Centro/ Sul de Portugal, que posteriormente seria transformada em Federação da Indústria Hoteleira e Similares de Portugal.

Quanto ao Grémio das Casas de Pasto e de Vinhos de Lisboa, que fora transformado em Associação das Casas de Pasto e de Vinhos de Portugal, de âmbito nacional, foram igualmente transferidos todos os bens, direitos e obrigações do extinto Grémio.

Paralelamente, a Associação dos Restaurantes e Similares do Centro/ Sul de Portugal alargou o seu âmbito a todo o território nacional, passando a denominar-se Associação dos Restaurantes e Similares de Portugal. Verificava-se, desse modo, uma situação de actividade paralela, entre as duas Associações das Casas de Pasto e de Vinhos de Portugal e dos Restaurantes e Similares de Portugal. Daí a decisão tomada por ambas as Associações, da sua fusão numa só Associação, o que se verificou, dando lugar à ARESP - Associação da Restauração e Similares de Portugal.

A 29 de Dezembro de 2008, com a integração da AIHP - Associação dos Industriais de Hospedagem de Portugal, e da ARESTA - Associação de Restaurantes do Algarve, a ARESP passa a designar-se AHRESP - Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, passando a representar, para além do sector da Restauração e Bebidas, o sector do Alojamento, nomeadamente, ao nível da Hotelaria, do Turismo em Espaço Rural, dos Empreendimentos do Turismo de Habitação e do Alojamento Local.
Destaques Comunicados AHRESP Agenda
Incêndios: Crédito bancário para turismo pode atingir "taxa zero" de juros
Hotelaria e restauração explicam quase 40% da criação de emprego
Certificado Óleos Alimentares Usados - FIM DA OBRIGAÇÃO DE AFIXAÇÃO
PRÉMIOS AHRESP 2018
Projeto de Igualdade Salarial da AHRESP é referência de boas práticas na Europa
PONTOS ESSENCIAIS: Web Summit: Tudo o que já se sabe a uma semana do evento
FESAHT - Pré-aviso Greve
Programa ´Portugal Sou Eu´ contribuiu para aumento das vendas em 82,6% das empresas que aderiram
"É preciso que os turistas encontrem produtos de Portugal à venda quando voltam a casa"
Já há alojamentos turísticos e restaurantes esgotados em Lisboa para a Web Summit
A noite e a (in)segurança
Conselho Consultivo da AHRESP reunido na Riberalves
AHRESP saúda criação de linhas de apoio específicas para as empresas afetadas pelos incêndios
AHRESP congratula-se com descriminalização da exibição não autorizada de áudio e audiovisuais
AHRESP expressa voto de pesar pelas vítimas dos incêndios e apela à criação de medidas de apoio
AHRESP reuniu o seu Conselho Consultivo em Pedrogão Grande
Alimentação dos portugueses em debate na 1ª Convenção de Alimentação Coletiva
AHRESP lança ‘Rede de Restaurantes Portugueses no Mundo’ para enaltecer a gastronomia nacional
Linha de apoio a empresas turísticas afetadas pelos incêndios
AHRESP reforça apelo a solidariedade a Pedrógão Grande
> 35º Festival Nacional Gastronomia | 22/10 a 01/11 | Santarem
> 10.º Festival do Marisco de Ribamar | 23 outubro a 1 novembro | Ribamar
> New Food Bizz | 29 outubro | Santarém
> 10º Aniversário da ASAE | 3 novembro | Porto
> IV Convenção HOTELSHOP/SOCIALSHOP | 04 novembro | Lisboa
> TTR– Feira de Turismo da Roménia | 13 a 16 novembro | Bucareste
> Semináruo 40 Anos ANCIPA | 17 de novembro | Lisboa
> XXVI FEHISPOR, FEIRA HISPANO PORTUGUESA | 19 a 22 novembro | Badajoz
> Alimentaria&Horexpo Lisboa e Portugal AGRO | 21 a 24 novembro | Lisboa
APAVT convida a debater "Turismo: partilhar o futuro"